segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Flavio Federico


Semana passada, após parabenizar o Flavio Federico via e-mail pela fantástica participação na So Good 2, acabamos combinando de nos encontrarmos para conversar e discutir alguns assuntos de interesse mútuo.

No Domingo a tarde nos encontramos na Só Doces e após uma calorosa recepção, sentamos e passamos a "colocar o papo em dia". Confesso ter ficado extremamente feliz quando em  determinado momento, fui elogiado por ele, pois é um profissional que respeito e considero ao extremo.

Os assuntos foram os mais diversos, desde os mais comuns até um dos mais impressionantes que já ouvi...."Viva a incapacidade e cara de pau de certos profissionais, não é Flávio?!!"......

Conversa vai, conversa vem e uma hora me peguei pensando que dos poucos anos de experiência que possuo, jamais me imaginaria sentado ao lado de um profissional desse nível, discutindo um tema que imaginava ser algum tipo de "encanação" minha:

Por que o confeiteiro Brasileiro não tem o devido respeito em seu país de origem?

Uma pergunta simples, porém difícil de responder. Seria algum tipo de fanatismo por tudo que é "Importado" ou a limitada visão de que confeiteiro Brasileiro é incapaz e mal instruído?

Nós podemos fazer muito mais do que pudins, tortas de morangos (adoro!!!), bolo de fubá, de cenoura etc....rs!
O confeiteiro Brasileiro tem vontade, tem garra e acima de tudo é batalhador!!! O confeiteiro Brasileiro vai além, sonha, almeja e conquista, na grande maioria das vezes sozinho.

Foi assim para mim, Flavio e muitos outros nomes de peso, que hoje batalham por um Brasil mais doce. Um Brasil mais Brasileiro!

As mudanças tem que começar em nosso interior para que possamos nos unir e revolucionar esse país. Não me refiro a associação, congregação, instituição, nada disso.
Me refiro a uma união de objetivos e amor pela profissão. Uma união em prol da confeitaria Brasileira!

Viva a confeitaria Brasileira e viva todos os confeiteiros genuinamente Brasileiros.

Não deixem de visitar a Só Doces (Alameda dos Arapanés, 504 - Moema).


3 comentários:

disse...

Diego,
Encantador seria nós brasileiros, ter a mesma visão que os Espanhois,profissonais da area,tem com relação a gastronomia.
A verdade é que hoje lá é o centro de tudo.
Tenho dificuldades de usar frutas do nosdeste, porque o prorpio pernambucano quer morango efrutas que não são da terra,no mais as masi exotiacs serve comolambedor, xaropemedicinal para bebes e para resfriados e etc.
Flavio Federico, é um irmaozão.
Pessoa , de valor que esta colendo os frutosque plantou.
Eu ainda remo contra a maré,ja sei oq eu vim fazer na terra, tentar ser muito ,mas muito mais diciplinado e aprender a trabalhar com mais atenção parame tornar alguem , como profissional,faltamuito.
Preciso mesmo é ter acabamento nos doces nos chocoaltes nem se fala.
ESpero que vocêe Flavio,sejam a chama paradar aos profissionais deste País a possibilidade de dar valor a tudo que nossa rica terra dá.
Um grande abraço.

Flavio Federico disse...

Boas Diego; tudo bem?

Em primeiro lugar gostaria de agradecer os calorosos elogios e considerações a mim e ao meu trabalho.

Fico muito feliz em saber que tudo o que fiz e ainda tento fazer servem de incentivo para os que amam a profissão.

O Brasil é um lugar incrível e cheio de aromas e sabores maravilhosos, mas que porém, só são percebidos quando algum "gringo" vem para cá e "rouba" ou utiliza.

Temos sim que trabalhar pelo respeito e dignidade que merecemos, pois somos tão bons ou melhores que qualquer um do mundo..... sem dúvida nenhuma.

Dê uma lida no meu blog em "procuram-se confeiteiros" e "patriotismo de copa do mundo", para ter certeza do que penso e falo em qualquer lugar e sem pudor ou medo.

Não tenha nunca medo de ser chamado de confeiteiro, pois é isso que somos aquí. Somos patissiers na França e Pastry cooks nos EUA etc etc, mas aquí é isso o que somos e sempre seremos.

Acredito muito na união de todos nós, confeiteiros interessados no crescimento da profissão e do profissional brasileiro, pois precisamos uns dos outros para que um bem maior seja alcançado... o respeito à confeitaria brasileira e seus doceiros........ nós!

Parabéns pelo seu trabalho e dedicação.... é disso que precisamos.

Forte abraço

DOCES SABORES disse...

Direto de terras niponicas.. quero parabenizar Flavio Federico e Diego Lozano pelo trabalho de vocês.. so falta a degustação..porque por aqui mesmo vejo o profissionalismo de vocês e o amor aos doces...venham p cá... nos adoçar também...amo doces..e faze-los também