quarta-feira, 27 de outubro de 2010

A Confeitaria!

Após um bom tempo sem aparecer por aqui, eis que em meio a uma noite insône, retorno a casa com boas novidades.
Como sempre posto por aqui, gostaria de me fazer mais presente no blog, com atualizações diárias, porém, nota-se que isso não é possível devido ao ritmo frenético, alucinante em que me encontro na grande maioria dos dias.

Meu post de hoje não será uma descrição dos meus dias em Paris, mas sim uma análise do que a confeitaria me proporcionou e continua fazendo até hoje.

Sempre comento em meus cursos e palestras que, até meus 17 anos, meu maior sonho era poder viajar de avião, para qualquer lugar que fosse. Cheguei a jurar que um dia guardaria a quantia suficiente para poder realizar esse sonho.
Nessa fase da minha vida, ainda desconhecia quão gratificante poderia ser minha profissão, passados alguns anos.

Eis que aos 19 anos, recém empregado pela Harald, passei a viajar o Brasil, de AVIÃO.
Como em toda a primeira vez, além de toda a ansiedade, felicidade e medo a viagem não foi tão agradável. Passado algum tempo, aquilo se tornou bastante rotineiro, fazendo com que viajar de avião nem parecesse um sonho distante.

Se não bastasse voar dentro do Brasil, a confeitaria também me presenteou com viagens internacionais, onde pude conhecer os mais diversos profissionais, cultura e técnicas.
Confesso que nunca imaginei que chegaria a esse ponto.

A confeitaria, sempre generosa comigo, expandiu meus horizontes e me ofereceu uma vida repleta de bons acontecimentos, muito sabor além de extrema realização pessoal e profissional.

Ah, a confeitaria, aquela que se bem me lembro, ninguém dava nada. Viviam me falando que eu não conseguiria nada com uma profissão tão desvalorizada e ingrata, afinal de contas, onde já se viu ganhar a vida fazendo docinho?

Pois é, em muitos momentos me deixei levar por isso e quase optei por seguir carreiras mais "promissoras", fazendo algo no qual o sucesso seria garantido (?)

Sucesso garantido, pergunto eu?

Hoje, sempre que possível, gosto de ressaltar o quanto for necessário, que o sucesso profissional, está diretamente relacionado a sua satisfação pessoal.
Ninguém fica rico fazendo o que não ama. E quando digo rico, me refiro a riqueza de conquistas, vitórias e a certeza absoluta de que a felicidade, depende única e exclusivamente de nós.

Portanto, façam o que seus corações mandarem, acreditem no potencial que todos NÓS temos e jamais desistam de seus sonhos, pois para os grandes sonhadores, o céu, definitivamente não é o limite.

Nós somos do tamanho de nossos sonhos!

Au revoir !


Viva a confeitaria Brasileira!
www.diegolozano.com.br
www.lojadiegolozano.com.br

6 comentários:

Rafa Felix disse...

Très sympa votre message sur le blog aujourd'hui. Bon voyage. Amusez-vous!!!

Gabriela disse...

Me emocionei lendo. Me formei em Nutrição final do ano passado, adoro gastronomia, confeitaria, panificação, enfim, mas ainda não trabalho na área. Lendo isso me animei e me empolguei ainda mais para seguir o meu sonho. Com certeza você é um exemplo para todos que querem seguir essa área. Obrigada. Beijos

Gabriela disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Gabriela disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Preciada disse...

PARABENS POR TODAS AS TUAS CONQUISTAS. Você é um virtuoso na arte da confeitaria e isso é dom e determinação. TE ADMIRO e RESPEITO MUITO. Me sinto privilegiada por poder participar dos teus cursos. MUITA BOA SORTE SEMPRE.
Preciada

Um chocolate disse...

parabéns